Buscar
  • Jorge Bispo

Abraão & Sara lll


Mais uma parte da história de Abraão e Sara.

Quando Deus volta a falar com Abrão, após a desobediência de ter tido filho com a escrava, ao reafirmar a promessa, Deus muda o nome de Abrão. Gn 17:5 “Abrão já não será o teu nome, e sim Abraão; porque por pai de numerosas nações te constitui.”

Deus muda também o nome de Sarai. Gn 17:15 “Disse também Deus a Abraão: A Sarai, tua mulher, já não lhe chamarás Sarai, porém Sara.”

E o Senhor confirma que Abrão e Sara serão pais de uma grande nação. Gn 17:16 “Abençoá-la-ei e dela te darei um filho; sim, eu a abençoarei, e ela se tornará nações; reis de povos procederão dela.”

Abraão tinha dúvidas, pois como todos nós, tinha olhar humano, e claro, não conseguia visualizar a promessa de Deus através deles. Gn 17:17 “Então, se prostrou Abraão, rosto em terra, e se riu, e disse consigo: A um homem de cem anos há de nascer um filho? Dará à luz Sara com seus noventa anos?” Mas Deus confirmou a promessa, respondendo à Abraão o seguinte: Gn 17:19 “ Deus lhe respondeu: De fato, Sara, tua mulher, te dará um filho, e lhe chamarás Isaque; estabelecerei com ele a minha aliança, aliança perpétua para a sua descendência.”

Assim Abraão e Sara confirmaram a promessa do Senhor, embora estivessem em idade avançada, inclusive em Sara, já havia cessado o costume das mulheres (Gn 18:11), ou seja, ela não tinha mais óvulos para fecundação. Sabemos que apenas um ser que veio a esta terra, nasceu sem que houvesse relação sexual, e este foi Jesus, o Filho de Deus que nasceu do Espírito Santo, todos os outros seres humanos nasceram da fecundação do óvulo pelo espermatozoide, por isso Abrão e Sara só puderam ter seu filho Isaque, através da relação sexual e lembremos que eles tinham cem e noventa anos. Certamente um milagre do Senhor.

O que isso nos diz como casais? A relação sexual é a marca da aliança que proferimos no altar diante de Deus e testemunhas, o casal que se afasta das relações sexuais, está desobedecendo ao Senhor. Por isso, em obediência ao Senhor, nós cristãos nos envolvemos sexualmente apenas após a nossa palavra proferida em aliança. Independente da idade ou tempo de casados, a relação sexual confirma a presença de Deus em nosso casamento.

Queridos irmãos, como casados, sigam esta recomendação do apóstolo Paulo: I Co 7:5 “Não vos priveis um ao outro, salvo talvez por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e, novamente, vos ajuntardes, para que Satanás não vos tente por causa da incontinência.”

JORGE e YARA BISPO.

#vidaadois #casal #Família #lar #vidaemDeus

0 visualização
Peniel Church

 

ABBEY BAPTIST CHURCH

Abbey Square - Reading

RG1 3BE - Berkshire

DOMINGOS  -  18h

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Twitter Icon

Fale conosco